“Tigana – A Lâmina na Alma” de Guy Gavriel Kay

Sinopse:
Tigana é uma obra rara e encantadora onde mito e magia se tornam reais e entram nas nossas vidas. Esta é a história de uma nação oprimida que luta para ser livre depois de cair nas mãos de conquistadores implacáveis. É a história de um povo tão amaldiçoado pelas negras feitiçarias do rei Brandin que o próprio nome da sua bela terra não pode ser lembrado ou pronunciado.
Mas anos após a devastação da sua capital, um pequeno grupo de sobreviventes, liderado pelo príncipe Alessan, inicia uma cruzada perigosa para destronar os reis despóticos que governam a Península da Palma, numa tentativa recuperar um nome banido: Tigana.
Num mundo ricamente detalhado, onde impera a violência das paixões, este épico sublime sobre um povo determinado em alcançar os seus sonhos mudou para sempre as fronteiras da fantasia.

Críticas de imprensa
«Um livro brilhante e complexo… Um épico arrebatador.»
Publishers Weekly
«Com uma prosa sublime e personagens reais e convincentes, Tigana é admirável.»
The Montreal Gazette
tigana
A minha opinião:
Quando peguei pela primeira vez neste primeiro volume de Tigana, a história não me chamou muito a atenção e foi difícil manter-me focado na leitura, cerca de 30 páginas depois de ter começado decidi pousar o livro e partir para outro.
Passado algum tempo decidi pegar no livro e começar a leitura de novo. O início realmente é complicado porque o autor deu-me a conhecer muitas personagens de um modo muito abrupto e a ação não me despertava muito entusiasmo. Mas à medida que fui avançando comecei a ficar entusiasmado com este mundo violento onde se situa Tigana – a terra esquecida que um grupo de heróis quer libertar do tirano Brandin de Ygrath.
Quando cheguei ao final do livro fiquei com a sensação de que esta história promete. Agora vou entusiasmado ler a segunda parte – Tigana – A Voz da Vingança.
Guy Gavriel Kay

Guy Gavriel Kay

Anúncios